TERCEIRO LUGAR

Em seu primeiro ano de existência, Olímpia completa pódio do Campeonato Baiano infantil

TERCEIRO LUGAR

Foi no talento, na raça e na vontade dos nossos jovens atletas que o Olímpia conquistou, nesta quarta-feira (29), o posto de terceiro melhor time da Bahia, ao derrotar, por 3 a 1, a equipe da Jacuipense, na disputa pelo terceiro lugar do Campeonato Baiano infantil de 2017. Com apenas dez meses de atividade, o time sub-15, comandado pelo técnico Márcio Miranda, comprovou que a Águia Baiana chegou para ser uma realidade no cenário do futebol de base da Bahia.

O último triunfo veio para coroar uma campanha muito positiva, que contou com apenas duas derrotas, em 11 jogos disputados. Ambas para o Bahia, que disputa o título com o Vitória. Na primeira fase, seis jogos e apenas uma derrota. Nas quartas de final, empate e triunfo diante da ABB. Nas semifinais, empate e derrota para o Esquadrão, e em uma partida onde o Olímpia mostrou sua superioridade durante os 90 minutos, com jogadas plásticas, passes precisos e marcação bem encaixada, completou o pódio da competição frente a uma equipe que possui mais estrutura e tempo de trabalho realizado.

Feliz com o resultado ainda a curto prazo, o diretor de futebol da Águia Baiana, Ivan Conceição, enalteceu a conquista do Tricolor de Lauro de Freitas e projetou um 2018 ainda melhor.

“São frutos que colhemos por acordar cedo todos os dias e fazermos o que amamos com muita dedicação e compromisso. Quem iria imaginar que, em seu primeiro ano de existência, o Olímpia chegaria com tanta força frente aos outros clubes do estado?! Chegamos, sim, para ficar e em 2018 acreditamos em um ano ainda mais positivo em termos de resultados e formação de atletas. Temos jogadores sendo pretendidos por clubes a nível nacional e isso já mostra que o Olímpia está sendo visto. E bem visto. É um terceiro lugar com um sabor especial, pois enfrentamos adversidades diariamente e nada disso tem sido capaz de nos parar. E nem vão. Estão todos de parabéns!”, disse.

Retrospecto
A primeira fase do Campeonato Baiano sub-15 terminou com o Olímpia na segunda posição, com 15 pontos, somente um a menos que o Bahia no Grupo 2. Na primeira rodada, vitória por 1 a 0 sobre a Catuense, no estádio Municipal de Lauro de Freitas, casa da Águia Baiana no torneio. Na segunda, triunfo sobre o Serrinha por 2 a 0, fora de casa. Após descanso na terceira rodada, novo resultado positivo na quarta: 2 a 0 sobre o Flamengo de Guanambi. Na quinta rodada, mais uma vitória, dessa vez com goleada sobre o Jacobina por 4 a 1. A única derrota do Olímpia na fase inicial aconteceu contra o Bahia, no Fazendão, por 3 a 1, finalizando com bom triunfo sobre o Astro por 3 a 0.

Na segunda fase da competição, as quartas de final, o adversário foi o time da ABB. Os dois jogos foram duros e com placares apertados, mas após um empate em 1 a 1 no primeiro encontro, longe dos seus domínios, a Águia Baiana conseguiu a classificação ao bater o ABB pelo placar mínimo, no estádio municipal de Lauro de Freitas.

O Olímpia se despediu da briga pelo título na fase seguinte. Diante do Bahia, empate na partida de ida, em casa, por 1 a 1. Na volta, o Bahia mandou o seu jogo no estádio de Pituaçu e fez valer o mando de campo, conseguindo uma vitória por 3 a 1 ao aproveitar as oportunidades em um jogo equilibrado.

Por fim, coube ao Olímpia mostrar sua superioridade diante da Jacuipense, também no estádio de Pituaçu, na partida que antecedeu o primeiro encontro da final entre Bahia e Vitória. O resultado de 3 a 1 contou com gols de Robert, Anderson e Fabrício. Ambas equipes ainda tiveram um jogador expulso após pequena confusão em um lance faltoso na intermediária de ataque do Olímpia, mas há de se destacar um jogo leal, onde os dois times entraram com o foco unicamente em jogar futebol.

Artilharia
No Campeonato Baiano infantil de 2017, os artilheiros do Olímpia foram o meia-atacante Luís, com cinco gols, o atacante Robert e o meia Anderson, ambos com quatro gols.

Na categoria sub-17, que também disputou o torneio, o Olímpia deixou a competição nas quartas de final, sendo derrotado pelo Vitória, que assim como no sub-15, está na final e venceu a partida de ida contra o rival Bahia.

A categoria sub-15 do Olímpia é atualmente formada pelo técnico Márcio Miranda, o preparador de goleiros, Gessé Ribeiro, o preparador físico, Raoní Cardim e o massagista Rosalvo Gonçalves.

Dentre os atletas que conquistaram a honraria, estão:

Goleiros: Dhiogo e Victor.
Laterais: Gabriel, Jefferson, Marcos e Rafael.
Zagueiros: Eric, Paulo, Douglas e Uenderson.
Volantes: Luciano, Gustavo, Araújo, Wilton e Douglas Henrique.
Meias: Fabrício, Anderson, Eduardo e Carlos Lamarca.
Atacantes: Wanderson, Luís, Robert, Ivan, Pedro, Philippe, Renato e Vicente.